Já imaginou uma cidade onde se pudessem experimentar novas leis e inovações em mecanismos de governança? É possível adotar, no Brasil, sistemas diferentes e inovadores de gestão pública, como existem em Dubai e Hong Kong? E quais são as boas práticas que uma cidade inovadora e disruptiva deve adotar? 

Para falar sobre esse tema, dentre outros assuntos, a Enap reúne, na próxima terça-feira (11), em Brasília (DF), um time de renomados especialistas nacionais e internacionais para um debate altamente qualificado sobre as charter cities. A mesa redonda “Charter Cities: uma oportunidade para o desenvolvimento” irá discutir as origens, evolução e experimentos mundiais em direção a alternativas disruptivas à governança tradicional, a fim de entender suas possibilidades e limites no Brasil. 

Confira a programação e saiba como se inscrever

A atividade tem como público-alvo altos executivos públicos e privados, oficiais e membros de organizações sociais e internacionais, alunos de pós-graduação e pesquisadores.Venha conhecer e debater sobre o potencial de desenvolvimento das charter cities no Brasil. Não fique de fora, as vagas são limitadas! 

Charter cities

São cidades que detêm relativa autonomia e regras próprias de funcionamento, apesar de ainda se manterem vinculadas ao país soberano. São cidades que podem experimentar novas leis e inovações em mecanismos de governança, novos arcabouços institucionais, mais abertas à globalização e ao investimento internacional. Como exemplos, temos Dubai, Hong Kong e Shenzhen.

Serviço

Mesa redonda Charter Cities: uma oportunidade para o desenvolvimento
Data: 11/02/2020 (terça-feira), a partir de 18h30
Local: Espaço Nexus - Enap - Brasília (DF) 
Inscrições: http://bit.ly/ccities-enap (vagas limitadas) 

Programação

18h30: credenciamento 

19h: abertura

  • Diogo Costa (Presidente da Enap)

  • Geanluca Lorenzon (Diretor da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, do Ministério da Economia)

19h10 às 21h: Mesa redonda
Moderação: Claudio Shikida (Coordenador-Geral de Pesquisa - Enap)

  • Lotta Moberg (William Blair, Chicago - EUA)
    Analista da equipe de estratégias de alocação dinâmica (DAS) da William Blair. Trabalhou anteriormente para o Ministério das Relações Exteriores da Suécia na Rússia, nas Forças de Defesa da Suécia no Kosovo e foi consultora do Banco Mundial. Ministrou aulas de economia na Universidade George Mason. Autora de The Political Economy of Special Economic Zones, publicado pela Routledge Press (2017), e de artigos acadêmicos sobre o tema.

  • Titus Gebel (fundador, presidente & CEO - Free Private Cities Inc.)
    Fundador, presidente e CEO da Free Private Cities Inc. É um empresário alemão com PhD em direito internacional e uma extensa rede mundial. Fundou, entre outras, a empresa de mineração de Frankfurt, Deutsche Rohstoff AG, aposentou-se como seu CEO e emigrou com a família para Mônaco. É autor do livro Free Private Cities - making governments compete for you (2018) pela Aquila Urbis (com versão em português pela Amazon).

  • Luiz Ricardo Cavalcante (Consultor Legislativo na área de economia – Senado Federal Brasileiro)
    mestre e doutor em Administração pela UFBA. Atuou como Técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e foi Professor Adjunto da Universidade de Brasília (UnB) e é professor do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Suas pesquisas incluem políticas econômicas regionais e é autor do texto para discussão publicado pelo Senado Federal “Abrangência geográfica das políticas de desenvolvimento regional no Brasil”.