Lista detalha notas e classificação dos candidatos que participaram das entrevistas. Recursos podem ser enviados nos dias 25 e 26 de novembro

catedras resultado preliminar

Já está disponível o resultado preliminar do processo seletivo para concessão de bolsas de pesquisa do programa Cátedras Brasil, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Nesta etapa estão sendo publicadas as notas e a classificação dos 18 candidatos que tiveram melhor desempenho na fase classificatória e participaram da fase de entrevistas. O prazo de recursos será de dois dias – 25 e 26 de novembro – e o formulário pode ser acessado aqui.

O resultado definitivo será divulgado nesta sexta-feira (27), com a seleção dos 10 candidatos que receberão as bolsas, no valor de mensal de R$ 3 mil. O programa terá duração de nove meses e será focado no desenvolvimento de pesquisas inéditas em melhoria da qualidade regulatória, em duas áreas específicas: 1) mudanças regulatórias que não envolvam orçamento ou renúncia fiscal; e 2) estudos de caso e melhores práticas em Análise de Impacto Regulatório (AIR) e Avaliação de Resultado Regulatório (ARR).

Confira aqui mais informações sobre o Cátedras. Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Enap lança aplicativo que conecta pesquisadores e gestores

O Bora identifica interesses comuns na área de avaliação de políticas públicas  

Publicado em:
10/08/2022
Abertas inscrições para bolsas de pesquisa em aplicação de ciência de dados

Serão selecionadas cinco propostas, que receberão bolsas mensais de R$ 3 mil durante um ano

Publicado em:
21/07/2022
Estudo vai traçar perfil de ocupantes de cargos de chefia do setor público federal

Informações podem ser enviadas até 17 de agosto e vão auxiliar no direcionamento das ações de capacitação  

Publicado em:
19/07/2022
Pesquisa estima que serão necessários até 655 mil servidores federais em 2050

Número é 17% maior ao que está em atividade hoje. Se os serviços públicos forem automatizados de forma moderada, a necessidade será menor

Publicado em:
28/06/2022