Participação da sociedade é fundamental para garantir acesso ao saneamento básico e à internet

A interação do governo com setores da sociedade civil organizada é fundamental para se colher os melhores resultados. Esse foi um dos pontos trabalhados, no começo da tarde desta terça-feira (9), no Palco Holofote, em Brasília, no segundo dia de atividades da Semana de Inovação 2022.

A coordenadora de Educação em Saúde Ambiental da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Mato Grosso do Sul, Roberta Barros, abordou o tema O papel da educação em saúde ambiental nas ações de saneamento. Durante a palestra, Roberta citou que todo o trabalho começa a partir do mapeamento de necessidades, tipo de ações e tecnologias que as comunidades mais demandam dentro de um território. “Por isso, a gente tem incentivado a participação e a inclusão social dessas pessoas nos debates voltados, principalmente, para a temática de saneamento.”

De acordo com Roberta, a partir do momento em que as comunidades se envolvem nas discussões, fica mais evidente qual é a tecnologia que deve ser implementada na região, principalmente na parte cultural. “Aquela água que passa a receber, ela tem um gosto diferente daquela água que ele costumava consumir, né? A clorificação, o tratamento realmente muda o sabor da água, né?” “Então, o trabalho educativo que a gente incentiva é nessa perspectiva, é de envolver a população, é de demonstrar que aquilo é um bem social pra ela. E que isso impactará diretamente na saúde daquela população”, completou.

Na sequência, o assessor de diretoria do Serpro,Thiago Carlos de Sousa Oliveira, apresentou o painel Governo como plataforma: O papel do Serpro na transformação digital do Governo Federal. Segundo Oliveira, o governo precisa trabalhar de forma integrada com diversos setores da sociedade, como iniciativa privada, instituições de ensino e startups, com foco na entrega de serviços de forma mais eficiente para o cidadão. “Essa discussão é muito interessante e fundamental porque 75% da população hoje tem acesso à internet, com um crescimento de sete pontos percentuais em 2021. Nós estamos falando de um crescimento de 10 milhões de brasileiros conectados”, citou. “E esses números permanecem crescendo. Nós temos a expectativa de chegar a 80% em 2022. Quando nós olhamos para o futuro, em cinco anos, nós teremos uma população conectada como os países desenvolvidos”, completou.

Oliveira cita, então, que é necessário ter o conceito de governo como plataforma. “Por isso, temos que ter atores atuando em conjunto conosco para que ele possa desenvolver as capacidades que o governo ainda não pensou porque ele não tem recursos para fazer”, defendeu.

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega à 8ª edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital.

Conteúdo relacionado

Inscrições prorrogadas para o bootcamp desenvolvimento web

Curso vai de outubro a dezembro e inscrições podem ser feitas até 12 de setembro. Os candidatos devem ficar atentos às etapas de seleção. 

Publicado em:
29/08/2022
FronTend discutirá os impactos da blockchain no setor público

Parceria da Enap com a Microsoft traz a advogada Camila Rioja, precursora na junção do direito com a tecnologia 

Publicado em:
22/08/2022
Economia circular pode reduzir em até 40% as emissões de baixo carbono até 2050

Palestra sobre o tema abordou como soluções circulares são necessárias para lidar com emissões geradas pela indústria

Publicado em:
11/08/2022
Enap apresenta agenda de futuros para o Brasil

Documento foi apresentado no encerramento da Semana de Inovação e traz propostas de ações nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura e progresso econômico

Publicado em:
10/08/2022