Ideia, lançada pela Secretaria de Governo Digital do ME, é ampliar os serviços oferecidos à sociedade pela internet

Em comemoração ao sucesso do Governo Digital, digitalizou 84% dos serviços públicos oferecidos pelo governo federal, o Ministério da Economia lançou, nesta quarta-feira (10/08), na Semana de Inovação 2022, a estratégia nacional de governo digital. A ideia visa unificar a digitalização de todos os poderes (ou seja, incluir Legislativo e Judiciário) para dar um upgrade nos serviços já oferecidos ao cidadão pelo Executivo federal.

“O Brasil tem a quarta população mais conectada do planeta. São 136 milhões de brasileiros, hoje, com acesso à internet e uma conta no gov.br. Os números são robustos quando se compara a outros países, como a Dinamarca, que não faz nada diferente do que nós fazemos aqui. Somos o sétimo país em maturidade de governo digital, o que nos dá uma ideia da grandiosidade das entregas até agora”, explica Anderson Costa, da secretaria de Governo Digital do ministério da Economia.

Hoje é possível resolver questões envolvendo cartórios, bibliotecas, departamento de trânsito e toda a estrutura governamental e demais políticas públicas de maneira digital, cuja finalidade é facilitar a vida dos brasileiros.

“Queremos que o cidadão efetivamente tenha sua jornada de vida atendida pelo digital, integrando órgãos públicos e poderes, como Judiciário e Legislativo, ou seja, em qualquer esfera e qualquer poder, como governos locais e municipais. É para que o adolescente tenha mais facilidade em sua jornada no Enem, para que o trabalhador encontre vagas de trabalho, e, quando quiser descansar, consiga dar entrada na aposentadoria”, complementou Costa.

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega a sua oitava edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre os dias 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital.

Conteúdo relacionado

Economia circular pode reduzir em até 40% as emissões de baixo carbono até 2050

Palestra sobre o tema abordou como soluções circulares são necessárias para lidar com emissões geradas pela indústria

Publicado em:
11/08/2022
Enap apresenta agenda de futuros para o Brasil

Documento foi apresentado no encerramento da Semana de Inovação e traz propostas de ações nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura e progresso econômico

Publicado em:
10/08/2022
Oficinas de programação web movimentam Semana de Inovação

Cursos encorajam gestores a entender mais sobre tecnologia para aperfeiçoar contratação de serviços 

Publicado em:
10/08/2022
Enap lança aplicativo que conecta pesquisadores e gestores

O Bora identifica interesses comuns na área de avaliação de políticas públicas  

Publicado em:
10/08/2022