Digitalização de serviços públicos, mobilidade e uso de energia fotovoltaica foram temas das palestras

Práticas inovadoras no setor público e no privado deram o tom das apresentações no Palco Holofote, em Brasília, na manhã desta terça-feira (9), no segundo dia de atividades da Semana de Inovação 2022. Em palestras de 15 minutos de duração, com transmissão também na plataforma on-line, especialistas detalharam cases de sucesso com a aplicação de novas tecnologias para a obtenção de melhores resultados.

O primeiro a se apresentar foi o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Fernando Coelho, que abordou o tema GOV.BR — Encantamento na Jornada do Cidadão: Entrega de valor e organização de serviços pela ótica do cidadão. Coelho abordou o tema do desemprego para mostrar como seria o tratamento ideal que o governo deve oferecer para encantar o usuário que está em busca de uma nova ocupação. “São vários serviços que são oferecidos on-line e podem ser aprimorados, como sacar o FGTS, consulta a vagas de emprego, participação em cursos de capacitação profissional, possibilidade de abrir uma empresa”, enumerou.

“No GOV.BR, oferecemos mais de 4,9 mil serviços, em mais de 150 órgãos públicos, sendo 85% predominantemente on-line. Hoje, estamos avançando para a fase GOV.Tech, em que temos que oferecer serviços personalizados e pró-ativos ao cidadão, que sejam fáceis de serem consumidos”, disse Coelho. “Confiança é palavra-chave e proteção de dados é fator crítico de sucesso. Fazendo isso, vamos fazer emergir o cidadão digital, que vai navegar de forma fluida, sem atrito e quem sabe até em ambientes de metaverso”, completou.

Na sequência, o diretor sênior de inovação e mobilidade da 99 Tecnologia, Thiago Hipólito, tratou sobre Aliança pela mobilidade sustentável: a união de atores é fundamental para democratizar o uso de veículos elétricos no Brasil. Hipólito comparou a relação entre veículos a combustão e os elétricos, com a existente entre os serviços de streaming e as locadoras de DVD e fitas VHS. “A gente acredita que será da mesma forma com o carro elétrico. Estamos num ponto de inflexão. Hoje, são mais de 100 mil carros elétricos rodando no Brasil e a tendência é de crescimento exponencial”, disse.

Segundo Hipólito, a aliança pela mobilidade sustentável servirá para a criação de um ecossistema para utilização do carro elétrico no Brasil, com três pilares básicos: fabricantes, empresas de locação e infraestrutura de carregamento. “Isso não vai ser feito sozinho, só a 99, mas a participação de todos em conversas propositivas com o governo.” “Nosso objetivo para este ano é ter 300 carros elétricos com motoristas de aplicativos. Em 2025, queremos chegar a 10 mil carros”, concluiu.

Logo após, o engenheiro civil Petrônio Ferreira Soares, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), apresentou as inovações aplicadas na instalação do Sistema Autônomo de Geração de Energia Fotovoltaica em Sistemas de Abastecimento de Água na Área Rural, implantado no Ceará. “O Nordeste brasileiro enfrenta um problema muito sério que é seca/estiagem. Então, resolvemos fazer sistemas integrados para atingir o maior número de cidades”, afirmou.

De acordo com Soares, vários pontos precisaram ser analisados durante a instalação do sistema, como potência da bomba, diâmetro das adutoras e número de placas fotovoltaicas para atender a geração de energia. “Todo o trabalho foi voltado para agregar um sistema de gestão que tenha resultados consistentes”, completou Soares.     

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega à 8ª edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital.

Conteúdo relacionado

GNpapo presencial está de volta e discute projetos de experimentação

O evento acontece na sede da Enap em Brasília e é aberto ao público em geral

Publicado em:
21/09/2022
Aberta chamada pública para avaliadores do 26º Concurso Inovação

A participação como avaliador será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerada

Publicado em:
04/09/2022
Aberta chamada para startups e órgãos públicos interessados no uso de inteligência artificial

Inscrições estão abertas para startups na 1ª rodada e para órgãos e entidades públicas na 2ª rodada. O apoio financeiro será de até R$ 80 milhões, no total

Publicado em:
31/08/2022
Economia circular pode reduzir em até 40% as emissões de baixo carbono até 2050

Palestra sobre o tema abordou como soluções circulares são necessárias para lidar com emissões geradas pela indústria

Publicado em:
11/08/2022