Gestora defende comunicação horizontal e unificada, para ampliar acesso à informação, no menor tempo possível

Foto: Ana Paula Fornari Benvegnu/Enap

A popularização do 5G e as inúmeras possibilidades de aplicação dessa tecnologia provocam o debate sobre como a inovação pode servir à sociedade, e não apenas ao consumidor em forma de produtos e serviços mais avançados tecnologicamente. Em palestra da Semana de Inovação 2022, a ministra digital de Taiwan, Audrey Tang, disse acreditar que a resposta para essa questão não está nas diferentes aplicações da tecnologia em si, mas sim no seu uso em prol da resolução de problemas que impactem toda a sociedade, em especial na prestação de serviços básicos. “A tecnologia deve se ajustar à sociedade, e não o contrário”, disse.

Referência global no tema inovação em governo, Audrey usou sua palestra para comentar a experiência de Taiwan no uso de tecnologias e métodos ágeis na resolução de grandes problemas, como a resposta do país no combate à covid-19. “Desde o início da pandemia, nós decidimos criar uma resposta unificada e ágil que envolvesse todas as esferas de governo. Nós tínhamos times de funcionários públicos que se reuniam para poder ter uma comunicação unificada. Isso ajudava a disseminar uma só informação, no caso das políticas de distanciamento social, uso adequado de máscaras e outras medidas de segurança”, comentou. 

O trabalho conjunto do governo ajudou também a reduzir a assimetria de informação, sobretudo nos primeiros meses de disseminação do vírus. “Nossa equipe notou que havia vários rumores que precisavam ser combatidos rapidamente, para evitar a desinformação. Então decidimos criar padrões de informações, para que todos tivessem acesso à mesma informação, no menor tempo possível”, contou.

Conhecida por revitalizar as linguagens de computador Perl e Haskell, bem como construir o sistema de planilhas on-line EtherCalc em colaboração com Dan Bricklin, a ministra também falou sobre transparência e inovação na gestão pública, e explicou que a resposta do governo a questões complexas, como a covid-19, está na forma de endereçar o problema. “O que nós entendemos é que o governo é parte da solução, mas é também parte do problema”, disse.

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega a sua oitava edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre os dias 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital.

Conteúdo relacionado

GNpapo presencial está de volta e discute projetos de experimentação

O evento acontece na sede da Enap em Brasília e é aberto ao público em geral

Publicado em:
21/09/2022
Últimos dias para inscrição no curso de Liderança inclusiva

O prazo termina nesta quarta (14/9). O curso é presencial em Brasília com tradução simultânea. 

Publicado em:
12/09/2022
Aberta chamada pública para avaliadores do 26º Concurso Inovação

A participação como avaliador será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerada

Publicado em:
04/09/2022
Aberta chamada para startups e órgãos públicos interessados no uso de inteligência artificial

Inscrições estão abertas para startups na 1ª rodada e para órgãos e entidades públicas na 2ª rodada. O apoio financeiro será de até R$ 80 milhões, no total

Publicado em:
31/08/2022