Como superar a transição do presencial para o digital e gerar conexão, empatia e valor público? 

Declarado pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o coronavírus está exigindo um novo ritmo e uma nova postura nas relações de trabalho. Mas como superar a preocupação em replicar a dinâmica presencial por meio da tecnologia e extrair o máximo do teletrabalho para gerar conexão, empatia e valor público? Como não ultrapassar a linha tênue entre o trabalho e a vida pessoal e se adaptar a novos hábitos para manter a produtividade?

Para responder essas e outras questões, convidamos três especialistas do mercado de trabalho para debater, na próxima terça-feira (31), até que ponto esse modelo flexível pode proporcionar uma melhor qualidade de vida aos funcionários e ótimos resultados para a instituição. E mais, quais as novas competências comportamentais devem ser desenvolvidas e qual a hora certa para “desligar” do expediente.

Debatedores

Ana Cláudia Mendonça - Coordenadora de Educação e Desenvolvimento do TSE. Diretora da ABRH-DF. Psicóloga Organizacional e do Trabalho, especialista em gestão estratégica de pessoas e psicologia positiva, mestranda em Administração Pública. Palestrante e facilitadora de workshop em teletrabalho.

Míriam Oliveira - Mestre em Gestão Pública pela UnB. Cursa MBA em Pessoas, Inovação e Resultados pela Enap. Integra o Grupo E- Trabalho, realizando pesquisas sobre percepções e práticas de servidores e gestores em teletrabalho. Autora de "Teletrabalho e atitudes frente à mudança: estudo multicasos do setor público brasileiro".

Petter Ricardo de Oliveira - Psicólogo, Especialista em Gestão de Políticas de Saúde, Mestre em Saúde Coletiva. Analista Administrativo na Anvisa, atualmente coordena a área de atendimento ao cidadão e transparência pública na Agência. Professor Colaborador do Departamento de Políticas Públicas na UnB. Interesses de estudo em Ciências Comportamentais em Políticas Públicas, Pesquisa Social e Regulação. Compôs a equipe que implementou o Teletrabalho na Anvisa em 2017 e gerencia toda a sua atual equipe em trabalho remoto há 2 anos.

GNPapo - Conversa com Inovadores - Trata-se de um espaço de debate sobre ideias para inovação em governo, aberto a todos e voltado para servidores interessados em novas ferramentas e meios que aumentem a capacidade de inovar nos processos organizacionais e políticas públicas. O objetivo do encontro é reunir, periodicamente, em um espaço para o diálogo, pessoas que têm apresentado e implementado iniciativas inovadoras.

Serviço:

GNpapo - Teletrabalho: Indo Além da Tela

Data: 31 de março (terça-feira)

Horário: 10h às 12h

Inscrições: https://bit.ly/gnpapo-teletrabalho

Transmissão online via Zoom.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Enap se une a Microsoft e Universidade Georgetown para levar inovação e governança digital para gestores públicos

Alunos de órgãos federais e estaduais participaram do curso

Publicado em:
TuePM-03E_December-0300RDecPM-03_1C5_PM11_2E53th_DecPM2th-0300R2020
Devemos investir nos talentos do setor público, diz Beth Noveck 

Pesquisadora falou sobre os desafios e dificuldades enfrentados nos órgãos do governo em palestra na abertura da Semana de Inovação 2020, promovida pela Escola Nacional de Administração Pública

Publicado em:
MonPM-03E_November-0300RNovPM-03_1C5_PM11_1E47th_NovPM1th-0300R2020
Conselho Nacional de Justiça e Enap promovem ciclo de inovação com foco em dados e inteligência artificial

Evento de lançamento acontece nesta terça (15); prêmios totalizarão 200 mil reais

Publicado em:
MonPM-03E_September-0300RSepPM-03_1C5_PM11_1E38th_SepPM1th-0300R2020
Conselho Nacional de Justiça e Enap promovem ciclo de inovação com foco em ciência de dados e inteligência artificial

Evento de lançamento será dia 15 de setembro; premiação das equipes pode chegar a 60 mil reais

Publicado em:
WedPM-03E_September-0300RSepPM-03_1C5_PM11_3E37th_SepPM3th-0300R2020