Pesquisa é voltada para secretarias estaduais de saúde e altos executivos; objetivo é entender os desafios e as soluções encontradas

 

A Enap e o Banco Mundial lançaram, na última terça-feira (19), pesquisa voltada para gestores de saúde estaduais e altos executivos da administração pública para avaliar a reação do serviço público à pandemia. A crise provocada pelo coronavírus impôs ao setor público a necessidade de se reorganizar com extrema agilidade, tanto para enfrentar a Covid-19 e minimizar seus efeitos quanto para manter em andamento as atividades inerentes às suas atribuições.

Entender os desafios enfrentados e a capacidade de resposta requer ouvir diretamente as organizações e líderes do setor público sobre como suas atividades foram afetadas. E compreender também como vêm conseguindo se adaptar e responder à crise e que tipo de suporte os ajudaria para uma melhor adaptação e resposta. O estudo acontece em nível mundial, em parcerias do Banco Mundial com universidades, como Stanford, Nottingham e UCL. 

Os eixos centrais do questionário são a resposta estratégica ao coronavírus, os requisitos de pessoal durante este período, as dificuldades enfrentadas na manutenção da produtividade e as necessidades básicas que as equipes apontam para o trabalho fora do seu local original (trabalho remoto).

A pesquisa permitirá identificar eventuais pontos fracos, que podem ser melhorados na cadeia de prestação de serviços; identificar boas práticas que poderão ser compartilhadas por outros; e dar voz às lideranças públicas, em um alcance que os procedimentos habituais de comunicação de informações talvez não pudessem promover.

Sobre a pesquisa

A Enap usará as percepções coletadas nesta pesquisa como subsídio em análises que possam auxiliar a resposta ágil da administração pública federal, a fim de manter e melhorar sua eficácia neste novo cenário de pandemia.

A participação é voluntária e serão garantidos o anonimato e a confidencialidade das informações fornecidas. Para responder à pesquisa, acesse

https://bit.ly/pesquisa-reacaoapandemia

O tempo estimado para responder ao questionário é de 15 minutos. O preenchimento pode ser interrompido a qualquer momento. Suas respostas estarão salvas e você poderá retomar do ponto em que parou, caso deseje.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Servidores com filhos pequenos são os que sentem maior queda de produtividade no teletrabalho

Quando se observa a questão de gênero, mulheres relatam mais dificuldade do que homens ao desempenhar o trabalho em casa, em tempos de pandemia

Publicado em:
ThuPM-03E_December-0300RDecPM-03_1C5_PM11_4E49rd_DecPM4rd-0300R2020
Divulgado resultado preliminar do concurso de bolsas de pesquisa da Enap em melhoria da qualidade regulatória

Lista detalha notas e classificação dos candidatos que participaram das entrevistas. Recursos podem ser enviados nos dias 25 e 26 de novembro

Publicado em:
MonPM-03E_November-0300RNovPM-03_1C5_PM11_1E48rd_NovPM1rd-0300R2020
57% dos servidores públicos federais preferem voltar ao trabalho presencial em regime escalonado

Maior receio em tempos de pandemia é transmitir Covid-19 para familiares

Publicado em:
WedPM-03E_November-0300RNovPM-03_1C5_PM11_3E45th_NovPM3th-0300R2020
Atenção, servidor! Participe da pesquisa de Clima Organizacional

Objetivo é conhecer mais as práticas corporativas, os aspectos positivos da gestão de pessoas e as oportunidades de melhorias no ambiente de trabalho

Publicado em:
TuePM-03E_October-0300ROctPM-03_1C5_PM11_2E41th_OctPM2th-0300R2020