Seleção de lideranças

Dúvidas gerais

São processos de recrutamento e pré-seleção realizados pela Enap desde 2019 para a ocupação de cargos ou funções de liderança. Com metodologias inovadoras e alinhadas às melhores práticas internacionais, a Enap atrai, seleciona e faz o match entre os melhores profissionais e as posições estratégicas de governo, em processos seletivos com equilíbrio entre competência e confiança.

Os processos de recrutamento e pré-seleção da Enap avaliam as competências comportamentais essenciais para lideranças no serviço público e valorizam a trajetória diversa das pessoas candidatas.

São elegíveis aos processos de de recrutamento e pré-seleção

  • cargos de primeiro e segundo nível hierárquico  (DAS 4 e 5, de direção, e equivalentes) de órgãos ou entidades do poder público, ou suas unidades administrativas, cujas atribuições digam respeito a funções exclusivas de direção;
  • cargos de terceiro nível hierárquico (DAS 3 de direção, e equivalentes) e cargos de assessoramento (DAS 3, 4 ou 5,  e equivalentes). No entanto, a conformação da lista curta de pessoas candidatas pré-selecionadas se dará exclusivamente a partir do Banco de Perfis.

Para ter acesso aos serviços de recrutamento e pré-seleção de lideranças, é necessário aderir ao Programa Líderes que Transformam, na modalidade de adesão padrão ou complementar. Conheça o modelo de adesão na página do serviço.

O serviço prestado depende da modalidade de adesão ao Programa Líderes que Transformam. 

A adesão padrão contempla as etapas de “definição de perfil”, “recrutamento e pré-seleção”, “escolha e nomeação” e “relatório final dos resultados” e pode ser escolhida por instituições federais e subnacionais.

A Adesão complementar contempla todas as etapas do modelo padrão e inclui etapas adicionais, representativas dos Sistemas de Alta Direção Públicos: “celebração de um acordo de resultados”, “ações orientadas a seu acompanhamento”, e, ainda, ao “desenvolvimento das lideranças selecionadas”. Essa modalidade é exclusiva para instituições do Governo Federal.

Não. Concursos públicos são realizados para ocupação de cargos efetivos permanentes ou temporários na administração pública, em qualquer esfera de governo (Decreto nº 9.739/2019).

Os processos seletivos executados pela Enap têm foco em cargos em comissão, de livre nomeação e exoneração (Decreto nº 9.727/2019). São regidos também pelos regulamentos das seleções, com divulgações e etapas publicizadas no Portal da Enap. 

Órgãos do Poder Executivo do Governo Federal, e suas vinculadas, além de órgãos e entidades subnacionais dos estados e municípios brasileiros podem aderir ao Programa Líderes que Transformam e ter acesso ao serviço.

Órgãos e entidades subnacionais poderão solicitar a adesão ao Programa desde que a adesão contemple um número mínimo de 10 cargos. Caberá à Enap avaliar o perfil de cargos subnacionais elegíveis. Os estados e municípios poderão aderir ao modelo apenas na modalidade padrão.

Tendo em vista a natureza de livre nomeação e exoneração dos cargos e funções, a escolha final do candidato é ato discricionário da autoridade demandante. 

Por esse motivo, após o processo de recrutamento e pré-seleção conduzidos pela Enap, os candidatos aprovados são submetidos a uma etapa técnica com o demandante da vaga para definição final da pessoa selecionada.

Dúvidas sobre candidaturas

Qualquer pessoa pode se candidatar, desde que tenha o perfil e cumpra os requisitos da vaga.  Cada processo seletivo é único e desenhado especificamente para a posição demandada pelo órgão ou instituição. 

Os perfis consideram requisitos essenciais e desejáveis e são elaborados com base nas competências técnicas e comportamentais requeridas para o cargo ou função.

Os processos seletivos de lideranças podem ser fechados, ou seja, aplicados exclusivamente para pessoas servidoras públicas, ou abertos, contando com a participação de pessoas servidoras públicas, profissionais da iniciativa privada, terceiro setor e do meio acadêmico.

Consulte sempre o Portal da Enap para acompanhar as vagas abertas!

Os processos seletivos têm um regulamento próprio. Consulte as vagas abertas no Portal da Enap e leia atentamente o regulamento da seleção, pois lá estarão todas as informações que regem o processo seletivo, inclusive a forma de inscrição!

Você pode ainda fazer seu cadastro em nosso Banco de Perfis, mesmo que não exista nenhuma vaga em aberto.

Sim, desde que tenha o perfil e cumpra os requisitos de cada vaga. Não há restrições a quem queira se candidatar a vagas diferentes.

Cada seleção é única, desenhada especificamente para atender ao órgão ou instituição demandante. Isso quer dizer que as etapas são definidas de acordo com a complexidade exigida para a posição. 

Dependendo do processo seletivo, as etapas podem contemplar:

  1. Análise curricular;
  2. Testes de perfil e de aderência às competências comportamentais;
  3. Entrevista por competências;
  4. Entrevista técnica final com o demandante.

Se você estiver participando de alguma seleção, confira o cronograma e as comunicações enviadas para seu e-mail. 

A comunicação com as pessoas candidatas é realizada por e-mail. Os resultados das etapas do processo seletivo são divulgados no Portal da Enap.  Ao final da sua inscrição e de cada etapa do processo, você sempre receberá um e-mail de confirmação. 

Confira constantemente a caixa de entrada do seu e-mail e, caso não identifique nossas mensagens, verifique também o lixo eletrônico.

Ao se cadastrar no nosso banco de perfis você poderá ser contatado(a) para participar de processos seletivos a qualquer momento. Caso o seu perfil seja identificado para alguma vaga específica, a equipe entrará em contato para verificar o seu interesse. Por isso, é importante manter seu cadastro atualizado!

Recomendamos ainda que você acompanhe as oportunidades no Portal da Enap e, caso tenha interesse em algum processo seletivo específico, pode fazer a sua inscrição.