Mona Hamdy falou sobre a democracia na rede no primeiro dia da Semana de Inovação 2022                                      

Foto: Ana Paula Fornari Benvegnu/Enap

Professora associada de Ética Aplicada da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e especialista em digitalização, Mona Hamdy é enfática sobre qual deveria ser o papel da tecnologia na vida moderna: humanizar as pessoas, a nos aproximar como sociedade. “Nós continuamos sendo seres humanos que sentem, riem, choram, buscam e tentam.Portanto, as estratégias de digitalização deveriam ser centradas no ser humano e não na tecnologia em si.” Hamdy foi uma das palestrantes do primeiro dia da Semana de Inovação 2022. A professora de Harvard falou sobre o tema “Democracias em Rede”, em entrevista para o editor-executivo da MIT Technology Review Brasil e diretor do TEC Institute, Rafael Coimbra.

Na conversa, foram tratados temas como infraestrutura digital, blockchain, democracias digitais, educação e metaverso. Ao apontar os desafios para a transformação digital, Hamdy refletiu sobre a importância de mantermos os valores essenciais do ser humano. Para a professora, os problemas existenciais que enfrentamos no mundo moderno exigem soluções existenciais. E, para isso, nós temos as novas tecnologias como importantes ferramentas à nossa disposição. “Porém, essas tecnologias não estimam o que é bom ou o que é ruim”, disse.

Sobre o movimento em direção à democracia digital, Hamdy reforçou a necessidade de um movimento coletivo alicerçado por valores humanos – especialmente a dualidade existente entre consentimento e liberdade. Além disso, defendeu que cada indivíduo em uma posição de poder tenha a responsabilidade de informar a verdade.

Mona Hamdy afirmou, ainda, que acredita que os governos devam trilhar o caminho da transformação digital, não somente planejando e construindo um futuro mais digital, mas principalmente mais humano. “No fim, somos todos humanos e esse deve ser o foco. A tecnologia é apenas uma ferramenta à disposição”, assegurou.

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação tem como objetivo reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. É um evento que tem como realizadores: Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia. Além da correalização do Ministério da Saúde, do SUS, do Ministério da Educação, da Funasa, do Inep, da Fundação Joaquim Nabuco e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Em 2022 o evento chega a sua oitava edição. Com o tema “Tempo de criar”, a Semana de Inovação 2022 acontece entre os dias 8 e 10 de agosto em formato híbrido, on-line e presencial em Brasília, no Rio de Janeiro e em Recife. Dataprev, Serpro, Adaps, Sebrae, BID, Cateno, 99, Gringo, Microsoft, Nic.Br, CGI.Br e Zoom já são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da República, ABDI, Eldorado, Museu de Arte do Rio, Wylinka, IFood, Catálise, Instituto Unibanco, Lab Griô e Porto Digital.

Conteúdo relacionado

GNpapo presencial está de volta e discute projetos de experimentação

O evento acontece na sede da Enap em Brasília e é aberto ao público em geral

Publicado em:
21/09/2022
Últimos dias para inscrição no curso de Liderança inclusiva

O prazo termina nesta quarta (14/9). O curso é presencial em Brasília com tradução simultânea. 

Publicado em:
12/09/2022
Aberta chamada pública para avaliadores do 26º Concurso Inovação

A participação como avaliador será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerada

Publicado em:
04/09/2022
Aberta chamada para startups e órgãos públicos interessados no uso de inteligência artificial

Inscrições estão abertas para startups na 1ª rodada e para órgãos e entidades públicas na 2ª rodada. O apoio financeiro será de até R$ 80 milhões, no total

Publicado em:
31/08/2022