Apenas nos 11 primeiros meses de 2020, foram 1.6 milhão de inscrições, volume é superior ao acumulado dos dois primeiros anos da EV.G

Mesmo antes do Covid-19 a modalidade de ensino a distância já era uma tendência crescente. Com a crise e a turbulência provocadas pela pandemia, mudanças profundas foram geradas e aceleradas, transformando para sempre inúmeros aspectos da sociedade, entre eles, o sistema educacional. Um estudo mundial feito pela Pearson com mais de 7 mil pessoas em 7 países, incluindo o Brasil, e os números da Escola Virtual de Governo (EV.G), da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) corroboram essa tendência: a educação a distância, acelerada pela pandemia, veio para ficar.

Em novembro, a EV.G comemorou o recorde de 3 milhões de inscrições na plataforma, em âmbito nacional e internacional. “Superar 3 milhões de inscrições ainda em 2020 demonstra o quanto a EV.G se tornou relevante para a promoção do desenvolvimento de competências na administração pública. Em apenas um ano, superamos os resultados acumulados dos dois primeiros anos do projeto e consolidamos a Escola Virtual como uma plataforma de educação levando conhecimento a todos os cantos do país e, até, internacionalmente” aponta o coordenador-geral de Produção de Web da Enap, Carlos Eduardo dos Santos.

Na esteira das grandes transformações digitais do governo brasileiro, que preza por um serviço de qualidade, com transparência e eficiência para os cidadãos, a EV.G foi lançada em fevereiro de 2018 com a proposta de superar a fragmentação dos serviços de hospedagem e gestão acadêmica e garantir a continuidade dos serviços de capacitação a distância do serviço público. 

A iniciativa foi reconhecida pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), como uma das importantes inovações públicas brasileiras, pelo compromisso assumido para os próximos anos em fortalecer o modelo de governança digital.


Efeito pandemia

“Tivemos em 2020, a oportunidade de apresentar nossos cursos e todos os serviços agregados à EV.G a muitos novos usuários que fizeram seus primeiros cursos conosco. Falamos desde vírus respiratórios até desenvolvimento de inteligência emocional”, destaca o coordenador-geral da Enap.

Com uma oferta atual total de 217 cursos com inscrições abertas, divididos em 16 áreas temáticas, a plataforma online e gratuita de aprendizado reúne, em um único ambiente, cursos de diferentes instituições públicas e privadas. 

Na plataforma também estão disponíveis nove programas de capacitação. Destaque para o programa sobre os fundamentos da transformação digital para agentes públicos, que tem o objetivo de formar profissionais que sejam capazes de lidar com os desafios da era digital em diferentes segmentos do Poder Executivo Federal. São sete cursos, totalizando 153 horas de capacitação.

Esse programa integra a estratégia de tornar o governo digital cada vez mais e que prevê, dentre outras ações, a transformação digital de 100% dos serviços públicos no Brasil até 2022, a integração de sistemas e serviços e a consolidação dos canais digitais. 

Sobre a pandemia do novo coronavírus e alternativa encontrada pelas instituições de aderir amplamente a Educação a Distância, Carlos Eduardo pontua: “somos uma relevante alternativa no cenário de busca de novos conhecimentos por pessoas que se encontravam mudando suas rotinas por causa de todo o contexto que vivemos neste ano”. 

Para ele, a pandemia consolidou uma trajetória de crescimento que a plataforma registra desde 2018. “Mês a mês, superamos todos os resultados comparativos com os mesmos períodos do ano anterior”, afirma.

Números

Desde o seu lançamento em 2018, a Escola Virtual tem experimentado um estrondoso crescimento no número de cursos, alunos inscritos e parceiros. “Temos orgulho de comemorar esse incremento significativo. Além dos mais de 3 milhões de inscritos, nosso catálogo de cursos conta atualmente com 217 cursos ativos, destes, 83 foram lançados em 2020. Além de 59 parcerias nacionais e internacionais firmadas”, destaca Carlos.

Segundo dados do Enap em Números, apenas no período de 1º de janeiro a 30 de novembro, foram registradas mais de  1.6 milhão de inscrições, volume superior ao acumulado de inscrições nos dois primeiros anos (2018 e 2019) da Escola Virtual, que é de 1.389.234. O levantamento mostra, também, que cerca de 660 mil novos usuários foram criados na plataforma nos 11 primeiros meses do ano. 

O público, desde a fundação da Escola Virtual, é majoritariamente feminino e responde a 59% dos alunos. A maior parcela está na faixa entre 35 e 39 anos, tanto para homens quanto para mulheres. 

Em 2020, durante a pandemia, o perfil do público feminino mudou, a faixa entre 20 e 24 anos de mulheres passou a responder pelo maior número dos alunos. Entre os homens, a faixa de idade se manteve a mesma. Entre os novos alunos, o público jovem com menos de 19 anos registrou o maior aumento percentual, superior a 100%, para ambos os sexos. 

No acumulado da EVG, 43% das inscrições foram de servidores públicos e 37% de pessoas sem vínculo com a administração pública. Em 2020, o número de inscrições dos servidores públicos (39%)  foi superado pelo número de pessoas sem vínculo (43%).

O Sudeste, com 39%, é a região com o maior número de participações, seguido pelo Nordeste (23%), Centro-Oeste (17%), Sul (12%) e Norte (9%). Os números se mantiveram praticamente os mesmos durante a pandemia.

No ranking por órgão, o Top 5, por ordem decrescente de número de alunos estão Polícia Militar, Exército Brasileiro, Ministério da Economia, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares e Tribunal de Justiça do Estado. Durante a pandemia, as organizações sociais e o INSS entraram no ranking, ocupando a quarta e a quinta posição, respectivamente. 

No ranking por temática, a mais procurada foi Ética e Cidadania, com mais de 567 inscrições (19% do total).  Seguida pelas temáticas de Governo Digital e Transparência com 415 mil inscrições (14%), Auditoria e Controle com 253 mil inscrições (9%), Políticas Públicas Setoriais com 223 mil inscrições (8%) e Orçamento e Finanças com 207 mil inscrições (7%).  Com exceção da última posição, ocupada agora pela temática de Educação e Docência, as demais se mantiveram no ranking durante a pandemia, em 2020.

 

Top 10 cursos da EV.G em 2020

  1. Sistema Eletrônico de Informações - SEI! USAR
  2. Introdução à Libras
  3. Gestão Pessoal - Base da Liderança
  4. Introdução à Lei Brasileira de Proteção de Dados Pessoais
  5. Boas Práticas de Manipulação em Serviços de Alimentação
  6. Fiscalização de Projetos e Obras de Engenharia 
  7. Gestão de Finanças Pessoais
  8. Ética e Serviço Público
  9. Formação de facilitadores de aprendizagem
  10.  Vírus respiratórios emergentes, incluindo COVID-19: métodos para detecção, prevenção, resposta e controle

 

Últimos cursos lançados

  1. Desenvolvendo Times de Alta Performance
  2. Avaliação da qualidade de serviços como base para gestão e melhoria de serviços públicos
  3. Acessibilidade em Espaços Urbanos
  4. Análise de Impacto Regulatório: Conceitos Fundamentais
  5. Elaboração Legislativa no Executivo: Legística, Governança e Avaliação
  6. Monitoramento da biodiversidade: gestão, análise e síntese dos dados
  7. Programa de Voluntariado nas Unidades Organizacionais do ICMBio
  8. SCDP - Solicitação de Afastamento do Servidor
  9. SCDP - Aprovação e Pagamento
  10. Sistema de Autorização e Informação em Biodiversidade (Sisbio) - curso básico para pesquisadores

O coordenador-geral de Produção de Web da Enap, Carlos Eduardo dos Santos. destaca ainda que muitos outros cursos estão em desenvolvimento, pela própria Enap e pelos parceiros, além de novos projetos que estão em negociação para lançamento em 2021. “Estamos desenhando novos cursos para o desenvolvimento de competências para a transformação digital e em projetos de parceria com vários outros órgãos para desenvolvimento de cursos técnicos específicos”, finaliza.

 

Sobre a Escola Virtual de Governo

Mantida pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), a EV.G é uma plataforma online de aprendizado que busca unificar a capacitação no serviço público para servidores e cidadãos em geral. Estão disponíveis cursos de diferentes instituições da Administração Pública e das principais escolas do governo, com o objetivo de garantir que a educação de alta qualidade seja acessada por qualquer pessoa, em qualquer lugar.

 

Quem pode acessar os cursos

Após um cadastro simples, qualquer cidadão passa a ter acesso a todo o catálogo de cursos disponíveis. A plataforma já reúne cursos em várias áreas de conhecimento tais como inovação, ética e cidadania, governo digital e transparência, entre outros.

No ambiente virtual de aprendizagem, as videoaulas e avaliações podem ser acessadas nos horários escolhidos pelo estudante. Assim, é possível adequar os estudos com as demais atividades do dia a dia. 

Acesse agora mesmo o catálogo e encontre cursos que se encaixam nos seus objetivos de carreira e desenvolvimento pessoal: https://www.escolavirtual.gov.br.

Para mais informações sobre os resultados da Escola e o perfil dos cursos e alunos, acesse o site: https://emnumeros.escolavirtual.gov.br/.




Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Governo abre inscrições para novos cursos gratuitos visando impulsionar a transformação digital

Público alvo são os profissionais de órgãos da União, Distrito Federal, estados e municípios que pretendem digitalizar os seus serviços

Publicado em:
26/01/2021
Conheça 9 novos cursos da Escola Virtual da Enap com inscrições abertas

Os novos cursos entraram no catálogo da EVG em fevereiro; ao todo, são oferecidos 147 cursos online, gratuitos e abertos à sociedade

Publicado em:
09/03/2020
Escola Virtual de Governo comemora a adesão da 50ª instituição parceira

Ao todo, são oferecidos 137 cursos onlines, gratuitos e abertos à sociedade

Publicado em:
29/01/2020