O estudo, ainda em fase final, foi apresentado durante o maior evento de inovação da América Latina

FOTO bate papo com quem faz 9 11Quantos laboratórios de inovação em governos estão ativos na América do Sul? Qual o potencial desses laboratórios? Eles têm estimulado o comportamento intraempreendedor, como a criatividade, proatividade, assunção de riscos e liderança? Quais os desafios e oportunidades do cenário pós-pandêmico à atuação desses laboratórios?

Respondendo a essas perguntas, o professor de mestrado, doutorado e pós-doutorado em Administração Pública da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Magnus Emmendoerfer, e o mestrando em Administração Pública pela UFV, Alessandro da Silva Junior, participaram da Semana de Inovação 2021, com o estudo Comportamento intraempreendedor e abordagens de inovação no setor público: um estudo a partir de laboratórios de inovação em governos na América do Sul. A pesquisa deve ter seu relatório final divulgado a partir de fevereiro de 2022.

O estudo, financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq –Processo 408437/2016-2) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), busca mapear e caracterizar os laboratórios de inovação em governos na América do Sul; verificar o nível de comportamento intraempreendedor em laboratórios; e discutir como os laboratórios têm contribuído para superar barreiras no setor público, em um contexto pós-pandêmico.

A pesquisa destaca o potencial dos laboratórios para orientar uma mudança de cultura no setor público, de modo a torná-lo mais proativo e menos reativo. Também é ressaltada a importância dos laboratórios para aproximar a administração pública dos cidadãos.

Laboratórios em governos na América do Sul

  • Foram identificadas 32 evidências de laboratórios de inovação em governos, sendo 22 atuantes no ano de 2021
  • O Brasil é o país com o maior número de laboratórios (12)
  • Eles estão predominantemente nas esferas estadual e municipal
  • Predominância de laboratórios organizacionais (15) em comparação a laboratórios cidadãos (7)

Caracterização*

*um laboratório pode pertencer à mais de uma categoria

Quanto às tipologias do Laboratório:

  • 17 Laboratórios (77,27%) → Desenvolvedores e criadores de inovação, educadores
  • 14 Laboratórios (63,63%) → Facilitadores
  • 11 Laboratórios (50%) → Arquitetos

Quanto às tipologias de Inovação:

  • 20 Laboratórios (90,90%) → Serviços
  • 18 Laboratórios (81,81%) → Processos administrativos, governança e políticas públicas
  • 15 Laboratórios (68,18%) → Conceitual
  • 14 Laboratórios (63,63%) → Processos tecnológicos

Comportamento intraempreendedor no setor público 

  • Na dimensão inovatividade, há uma predominância de comportamentos orientados ao processo de tomada de decisão, sobretudo em relação ao feedback dos beneficiários da ação e em responder de forma rápida.
  • Em relação à assunção de riscos há uma maior propensão em assumir riscos na tomada de decisões estratégicas, sendo o comportamento que mais se destaca o de cumprir com as demandas dos cidadãos e garantir maior valor público.
  • Na dimensão proatividade, observa-se predominância dos comportamentos orientados à adaptação às necessidades e novas informações.
  • Quanto à liderança, observa-se maior presença de comportamentos orientados ao relacionamento, se comparado aos itens mudança e tarefas.
  • Por fim, na dimensão comprometimento, destacam-se a busca de informações e persuasão, e rede de contatos.

Confira a apresentação completa aqui: https://zenodo.org/record/5661992#.YYr512DMKM8 

Sobre a Semana de Inovação

A Semana de Inovação 2021 é um evento organizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU), Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e Ministério da Economia com o objetivo de reunir os principais especialistas do setor para promover debates e troca de experiências sobre iniciativas de uso de tecnologias, metodologias e processos para melhorar o serviço público brasileiro. 

Em 2021, o evento, considerado o maior de inovação em governo da América Latina, chega a sua sétima edição. Com o tema “Ousar Transformar”, a Semana acontece de 9 a 12 de novembro no formato online. Dataprev, Oracle, Huawei, NIC CGI, Microsoft, Serpro, Banco do Brasil, Embratel, EDS e AWS são patrocinadores desta jornada! Além do apoio da Embaixada da Dinamarca, Sebrae, BID, República, Hepta, KES, Unilever, Banco do Nordeste, SENAI, ABDI, IMM, Embaixada dos EUA, Demos Helsinki e OCDE.

Conteúdo relacionado

De reflexão ponderada ao futuro liderado por mulheres: confira os melhores momentos do último dia da Semana de Inovação 2021

"Mulheres não tinham o direito nem de voar nos jatos de alta performance, quanto mais ser astronautas", relatou Anne Fisher, a primeira mãe a ir para o espaço, em um dos painéis do dia. 

Publicado em:
12/11/2021
Último dia da Semana de Inovação traz debate sobre o futuro da inovação com especialistas femininas

Regina Esteves, Robyn Scott, Anna Fisher, Joyce Trindade, Nísia Lima e Marcelle Paiva participam do painel ‘Futuros construídos e liderados por mulheres’

Publicado em:
11/11/2021
Debate entre prefeitos que desempenharam boa gestão no combate à Covid-19 é destaque no terceiro dia da Semana de Inovação 2021

Transferir renda para pessoas mais vulneráveis é salvar vidas", pontuou Fátima Pacheco, prefeita de Quissamã-RJ em painel ao lado de João Campos, Erick Brimen e Francineti Carvalho

Publicado em:
11/11/2021
Futuro da educação depende de atuação colaborativa

Professor da Universidade de Harvard propõe novo modelo educacional, com participação efetiva da sociedade

Publicado em:
10/11/2021