Edição de estréia reuniu, durante onze meses, quarenta servidores públicos de alto escalão para aprenderem sobre técnicas e ferramentas úteis na superação de desafios 

A cerimônia de encerramento do primeiro curso de pós-graduação lato sensu da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) marcou o fim de uma trajetória de onze meses de esforço, com aulas de três horas de duração, três vezes por semana, rotina de leitura e de cumprimento de atividades avaliativas. O evento, na sede da Enap, em Brasília (DF), serviu para atestar o sucesso da decisão de ofertar o Master of Public Policy (MPP) e reuniu, na sexta-feira, 16 de dezembro, presencial e virtualmente, professores, a equipe de coordenação e contou in loco com 23 formandos, além de outros colegas que participaram por meio de conferência de vídeo.

A oportunidade de qualificação intensiva e on-line, com aulas e conteúdos em inglês, chegou ao fim neste dezembro com quarenta estudantes, inclusive doze servidores públicos estrangeiros, de oito países - Angola, Chile, Colômbia, Equador, Guianas, Honduras, Timor Leste, Venezuela. Os agora ex-alunos, donos do título de especialistas em políticas públicas, passaram por seleção no ano passado - que analisou 298 candidaturas, das quais 262 de brasileiros. Desde janeiro, a turma de estreia do MPP pôde aprender sobre técnicas e ferramentas úteis no dia a dia de um servidor público de alto escalão. E o resultado vai além daquilo que consta nas ementas das doze disciplinas previstas no currículo do curso.

 Intercâmbio

“Aprendemos uns com os outros, os colegas brasileiros e os estrangeiros”, comentou a oficial de inteligência do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Ana Letícia Melo Viana. “Os problemas que enfrentamos no trabalho são semelhantes, mas as abordagens diferem conforme o background de cada um”, explicou a bacharel em relações internacionais e mestre em história, uma entre os 30 representantes de 18 órgãos públicos brasileiros na turma do MPP. A opinião da oradora da turma na cerimônia de encerramento mostra o retorno da estratégia da Enap de estímulo à internacionalização para a construção de redes e para o acesso ao conhecimento de outras culturas organizacionais.

O resultado ainda recente da primeira turma inspira a promoção, no segundo semestre de 2023, de novo processo seletivo para o MPP. “Acertamos no desenho do curso, no projeto pedagógico, na escolha dos professores e, feitos os devidos ajustes, porque, claro, foi uma turma piloto, pensamos em fazer essa nova oferta”, comemorou a coordenadora-geral de especialização e MBA da Enap, Bruna Tenório. “Percebi que os estudantes, a maioria deles mestres ou doutores, participaram pelo conhecimento, pelo aprender a fazer, se convenceram pela proposta e a certificação até se tornou secundária", disse a responsável pela equipe à frente da ação de capacitação, ao elogiar a curadoria do curso, feita pelo presidente a Escola, Diogo Costa.

Entre os formandos presentes na cerimônia de encerramento, três estrangeiros, duas servidoras públicas de Honduras e um funcionário do Ministério da Educação do Chile. Sérgio Aravena viveu recentemente, no departamento onde trabalha, experiências que permitem um testemunho sobre a transformação que viveu durante onze meses, com o MPP. “Hoje, sou capaz, por exemplo, de ajudar na convivência entre os integrantes da equipe, posso colaborar para a harmonia do grupo”, contou o morador da capital chilena, Santiago. “Comecei a aplicar o que aprendi, já uso conhecimentos que são úteis para resolver problemas práticos e meus superiores estão contentes com a minha participação.”

Globalização

A programação da cerimônia de encerramento da primeira turma de MPP da Enap contou com a palestra Liderança na Copa do Mundo: E Se Todo o Sucesso Dependesse de Uma Performance de 90 Minutos?, feita pela jornalista, especialista em mercado esportivo, escritora e colunista do Portal Uol, Alicia Klein. Essa apresentação teve como inspiração fatos ocorridos nas últimas semanas, durante a Copa do Mundo de Futebol do Catar, acontecimentos que serviram para reflexões sobre atitudes diante de problemas pessoais e profissionais. As análises e os comentários sobre as posturas, as ações e as reações de técnicos e de craques do futebol mundial mereceram, ao final, aplausos da turma de formandos.

Das 12 disciplinas obrigatórias para os estudantes da primeira turma do MPP, quatro tiveram à frente professores do Columbia Global Centers (CGC), instituição vinculada à Universidade de Columbia (EUA) e parceira da Enap na concepção do primeiro curso de pós-graduação lato sensu de Escola. Os títulos dessas matérias foram análise microeconômica; modelos de decisão; direito; economia e políticas públicas; gestão eficaz no serviço público; inovação, liderança; novas tecnologias e desenvolvimento sustentável. “Isso é conhecimento disponível e acessível para se fazer um mundo melhor”, avaliou, durante discurso na cerimônia de encerramento, o diretor CGC, Thomas J. Trebat.

O MPP é uma proposta pioneira que integra o programa internacional da Enap e que tem a ver com a globalização da instituição, ao mesmo tempo que se mantém o compromisso com a realidade local. “É uma necessidade de a Escola mostrar o seu trabalho para além do Brasil”, explicou, em discurso durante a cerimônia de encerramento do curso, a diretora de Altos Estudos e presidente-interina, Flávia Schmdit. “Essa é uma iniciativa muito complexa, com diferentes tópicos, de diferentes áreas, com diferentes aproachs, diferentes profissionais e estamos orgulhosos do resultado”, opinou, na mesma ocasião, o diretor de Educação Executiva da Enap, Rodrigo Torres. “É um portfólio muito importante para o servidor público brasileiro”, concluiu

Conteúdo relacionado

Enap cria programa internacional de pesquisa e docência

O programa contempla bolsas a professores e pesquisadores que atuem fora do Brasil

Publicado em:
22/12/2022
Pesquisa revela desafios para adaptação ao trabalho híbrido 

Apresentado no último FronTend, levantamento mostra como a tecnologia e a pandemia mudaram a percepção sobre o mundo do trabalho.

Publicado em:
20/11/2022
Enap lança rede de fomento à mentoria no setor público

Iniciativa já conta com multiplicadores em 11 órgãos. Estratégia é consolidar a cultura de mentoria.

Publicado em:
17/11/2022
Frontend discute futuro do trabalho

Evento acontece dia 17 de novembro, às 19h30, com transmissão ao vivo pelo canal da Enap no Youtube

Publicado em:
10/11/2022