Iniciativa é fruto de encontro realizado na manhã desta quinta (17), em Brasília, entre presidente da Escola e secretário-geral da organização ibero-americana 

O presidente da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Diogo Costa,  recebeu nesta quinta-feira (17) a visita de representantes da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI). Estiveram presentes no encontro o secretário-egral da OEI, Mariano Jabonero, e o diretor e chefe da representação da OEI no Brasil, Raphael Callou. 

Entre as atividades previstas na parceria está a tradução - por parte da OEI - de cursos da Enap para o espanhol. Isso inclui as aulas da Escola Virtual de Governo (EV.G), que já são gratuitas e abertas à sociedade, e outras específicas que podem ser úteis aos servidores públicos dos países ibero-americanos. Em um segundo momento, a cooperação internacional também prevê a possibilidade de concessão de bolsas para estudantes ibero-americanos se capacitarem na Enap.

As ações estabelecidas estão focadas em educação a distância, pesquisas e internacionalização da Escola brasileira na rede de países ibero-americanos. As duas instituições estão interessadas em trocar conhecimentos, informações e experiências sobre programas de capacitação e práticas de inovação, educação, ciência, tecnologia e cultura. 

A reunião também serviu para fortalecer as ações de promoção da agenda de inovação e transformação governamental da Enap já em andamento, como os programas Coding Bootcamp e o Liderando para o Desenvolvimento

A OEI

A Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) é um organismo internacional de caráter intergovernamental para a cooperação entre os países ibero-americanos no campo da educação, da ciência, da tecnologia e da cultura no contexto do desenvolvimento integral, da democracia e da integração regional.

Os estados-membros de pleno direito e observadores são todos os países ibero-americanos que fazem parte da comunidade de nações integrada por Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, República Dominicana, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela.

A sede central da secretaria-geral da organização está em Madri (Espanha) e conta com escritórios regionais na Argentina, na Bolívia, no Brasil, no Chile, na Colômbia, na Costa Rica, na República Dominicana, no Equador, em El Salvador, na Guatemala, em Honduras, no México, na Nicaragua, no Panamá, no Paraguai, no Peru e no Uruguai.

Palavras-chave:

Conteúdo relacionado

Conheça os alunos selecionados para o Master of Public Policy (MPP)

Foram aprovados 30 alunos brasileiros e 10 estrangeiros; matrículas devem ser feitas até 10 de dezembro

Publicado em:
05/12/2021
Selecionados 70 candidatos para a fase final do Master of Public Policy

Concorrentes brasileiros e estrangeiros passarão por entrevista nos dias 22, 24 e 25. Resultado final com os 40 selecionados está previsto para o início de dezembro

Publicado em:
16/11/2021
Selecionados alunos estrangeiros para o Master of Public Policy

Os 27 selecionados na primeira fase concorrem a 10 vagas na especialização

Publicado em:
03/11/2021
Confira os candidatos brasileiros selecionados na 1ª fase do Master of Public Policy

Quem concorre às vagas reservadas para ações afirmativas passará por banca verificadora

Publicado em:
25/10/2021