Composta por um acervo de cerca de 25 mil obras, entre livros, periódicos, teses, dissertações, dicionários e outros formatos — disponibilizados tanto no meio impresso quanto no digital —, a Biblioteca Graciliano Ramos da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) é referência no país em Administração Pública e Gestão Governamental. O nome Graciliano Ramos (1892-1953) é dado em homenagem a um dos mais respeitados autores da literatura brasileira, reconhecido não só por sua obra literária, mas também pelo seu exemplo de conduta ética e sua atuação como administrador público.

Extremamente organizado, Graciliano foi revolucionário e inovador, atuando com transparência e eficiência enquanto gestor público.  Exemplo este que inspirou a missão da biblioteca, que é a de tratar e disseminar informações que auxiliem dirigentes e servidores(as) na melhoria da gestão pública.

Acesse o site